Arquitetura

Em seu percurso artístico, Beatriz  também  produziu obras ligadas a arquitetura, design com painéis, murais,  tapeçarias e mobiliário.

  Na década de 1960 a artista criou  tapeçarias de tecido pintados em  batik com bordados e franjas,  bem como grandes painéis compondo arquitetura de interiores,  como afirmou na época: “ Meus últimos trabalhos são batiks entre dois vidros, com duas vistas para portas. Trabalho também para arquitetos e tenho tapeçarias que misturam o batik com bordados e franjas; Algo de muito novo que me apaixonou, peças que estão figurando no hall de cinco edifícios recentemente inaugurados em São Paulo ”.

  Nos anos 1980, Beatriz  tem grandes encomendas de painéis de interiores, como o de 25 m para o Hotel Nobilis de Londrina além de realizar painéis para os   Hotéis Ferrareto de Bauru e do Guarujá, e  para outro grande hotel de Limeira, além de residências em SP. Utilizou vários materiais além dos batiks, como    placas em relevo de alumínio com figuras temáticas da arqueologia da cultura de Santarém (Muiraquitãs, Ídolo feminino da fertilidade,  espirais, símbolos solares). As placas de alumínio que constituíam os murais eram colocadas diretamente sobre a parede com argamassa fresca. Além de murais em relevo aplicados às paredes,  realizou relevos como  Mandalas inseridas no piso, que é recortado, escavado  e a placa em alumínio ou bronze é colocado sobre um   fundo de areia e a superfície recortada recebe um tampo de vidro.

Também foi autora de algumas peças de mobiliário, desenhou  um sofá e uma dormeuse, uma mesa de jantar , cadeiras e uma pequena mesa de apoio. A destacar na mesa de jantar, o belo contraste que atinge  a leveza e transparência do vidro com os suportes de bronze oxidado cor verde claro, como se fossem elementos vegetais.

Daisy Peccinini

Galeria “Arquitetura”